Representantes da Abrac visitam Foz do Iguaçu para alinhar detalhes sobre o LIQ

Na última quarta-feira (28.09), a assessora da superintendência da Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac), Cleriane Lopes e o vice-presidente de Telecomunicações, Leonardo Tozzi Pinheiro, estiveram em Foz do Iguaçu (PR) para alinhar detalhes sobre o Laboratório de Infraestrutura da Qualidade (LIQ).

Na oportunidade, os representantes da Abrac participaram de uma reunião no Centro Universitário UDC com a participação da reitora da instituição, Rosicler Hauagge do Prado; o pró-reitor, Fábio Prado; o diretor-geral da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), Ricardo Rodrigues Fragoso; o analista de negócios e inovação do Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), Rafael Campos e o  pesquisador do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), Augusto Poças da Cunha, que participou online.

O objetivo do encontro foi alinhar diretrizes sobre o LIQ. Além disso, foi definido o plano de trabalho dos estagiários que representam a Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade, Associação Brasileira de Normas Técnicas e Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia.

“Nessa visita tivemos a importante oportunidade de verificar a situação atual do plano de trabalho das equipes, reafirmamos a importância no foco do objetivo final do LIQ e confirmamos o nosso apoio em conjunto com o PTI, ABNT e Inmetro”, explicou o vice-presidente de Telecomunicações da Abrac, Leonardo Tozzi Pinheiro.

Para ele, a Infraestrutura da Qualidade dará suporte para a indústria dos diversos segmentos com grandes benefícios para o avanço do mercado de produtos e garantirá segurança, eficiência e satisfação dos clientes no futuro.

Segundo o analista de negócios e inovação do Parque Tecnológico de Itaipu, Rafael Campos, é necessário o comprometimento com os resultados do projeto, pois o Laboratório de Infraestrutura da Qualidade é único no país e no mundo.

“O Parque Tecnológico Itaipu tem disponibilizado conexão a todos os mecanismos e infraestruturas tecnológicas desenvolvidas na temática de cidades inteligentes para que os membros integrantes, Inmetro, ABN e Abrac, possam contribuir com o tema e acelerar o desenvolvimento de inovações e negócios no mercado brasileiro. Uma vez que as experiências obtidas nos programas desenvolvidos na cidade de Foz do Iguaçu auxiliam o desenvolvimento de outros projetos em todo o país”, finalizou Campos.

Os representantes da Abrac também visitaram as instalações de onde será o Centro de Excelência em Smart Cities.

Fonte: Assessoria de imprensa da Abrac