Período de chuvas pede cuidado redobrado com o estado dos pneus

É obrigatório que os pneus novos ou reformados tenham o Selo de Conformidade do Inmetro. Verificação de prazo de validade e estado de conservação são cuidados importantes.

O mês de janeiro marca a chegada das chuvas em diversas cidades brasileiras, motivo pelo qual o bom estado de conservação dos pneus passa a ser ainda mais importante para evitar acidentes de trânsito. Entre os cuidados que devem ser observados pelos motoristas estão a verificação do prazo de validade e se o item não está careca, com bolhas ou ressecado.

Pneus novos ou reformados (recapados, recauchutados e remoldados) devem ainda ter o Selo de Conformidade do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que garante o atendimento à requisitos de segurança e desempenho do produto.

Segundo o vice-presidente de Laboratórios da Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac), Darlan Dallacosta, a identificação do selo assegura que o produto passou por diversos ensaios que atestam por exemplo, verificação da marcação, dimensional e ensaio de velocidade sob carga.

“Outro item a ser observado é o balanceamento dos pneus. É importante para evitar o desgaste prematuro, evitando também problemas nos componentes da suspensão e da direção, possibilitando uma direção mais segura ao usuário.”, acrescentou o representante da Lab System, Ronnie Bitencourt.

Validade

Assim como em alimentos e remédios, é necessário ficar atento a validade dos pneus. Mesmo que o consumidor utilize pouco o veículo, é fundamental que se obedeça ao prazo, pois com o passar do tempo a borracha começa a ressecar, deixando o item mais vulnerável a estouros e também a esfarelar a banda de rodagem, podendo provocar derrapagens, e consequentemente, acidentes.

É possível encontrar a data de fabricação na lateral do pneu: os dois primeiros algarismos indicam a semana, e os outros o ano em que foi fabricado. É importante que os mesmos cuidados sejam direcionados ao estepe.

Sobre a Abrac

Fundada em 2009, a Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) reúne as empresas responsáveis pela avaliação da conformidade de produtos, sistemas e laboratórios de ensaio e calibração, acreditados pelo Inmetro e designados pela Anatel, que são oferecidos aos cidadãos, trabalhando em sua inspeção e certificação com o objetivo de informar e proteger o consumidor, em particular quanto à saúde, segurança e meio ambiente; propiciar a concorrência justa; estimular a melhoria contínua da qualidade; facilitar o comércio internacional; e fortalecer o mercado interno, atuando em conjunto com os órgãos reguladores das atividades em âmbito nacional.