“Os temas do Dia Mundial explicam como a acreditação oferece confiança, segurança e aceitação global”

Marcus Long, diretor do IAF, fala sobre a importância da Acreditação às vésperas do Dia Mundial da Acreditação

 marcuslong0702021

Em entrevista à Abrac, Marcus Long, diretor do IAF fala sobre acreditação

O diretor do International Accreditation Forum (IAF), Marcus Long, concedeu entrevista exclusiva à Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) para falar sobre o Dia Mundial da Acreditação – 9 de junho -, iniciativa global estabelecida pelo próprio IAF e International Laboratory Accreditation Cooperation (ILAC).

O IAF é a associação mundial de Organismos de Acreditação de Avaliação da Conformidade e outros organismos interessados ​​no segmento nas áreas de sistemas de gestão, produtos, serviços, pessoas e outros programas semelhantes. Sua função principal é desenvolver um único programa mundial de avaliação de conformidade que reduza o risco para as empresas e seus clientes, garantindo-lhes que os certificados acreditados sejam confiáveis. A acreditação assegura aos usuários a competência e imparcialidade do organismo acreditado.

“O Dia Mundial da Acreditação tem tudo a ver com a abertura da acreditação e torná-la mais acessível para as pessoas. Mostrar como o segmento apoia o trabalho e os objetivos vitais das ODS ilustram o valor que oferece”, declarou Long.

Leia a entrevista na íntegra.

Abrac – Desde quando existe o Dia Mundial da Acreditação e de onde surgiu a ideia de criá-lo?

Marcus Long – A ideia do Dia Mundial da Acreditação foi estabelecida na Assembleia Geral conjunta do IAF e ILAC, em 2007, com organizações de acreditação líderes mundiais. Isto conduziu ao primeiro Dia Mundial da Acreditação em 9 de junho de 2008, com o tema ligado a entrega de confiança. O dia foi criado para melhor divulgar o conhecimento do valor positivo da acreditação e como a aplicação ajuda a melhorar muitos aspectos diferentes da vida das pessoas, negócios, governo e sociedade. A celebração cresceu ao longo dos seus 14 anos, proporcionando uma plataforma para que mais pessoas entendam, adotem e usem a acreditação e suas ferramentas, como a certificação.

Abrac – Qual a importância da acreditação para a sociedade?

Marcus Long – Examinando os temas do Dia Mundial da Acreditação, desde o primeiro no dia 9 de junho de 2008, demonstra-se perfeitamente a importância para a sociedade. Foram 14 celebrações (2008-2021), e os temas têm dois pontos: em primeiro lugar, explicar o papel da atividade, e o segundo, ilustrar de qual maneira oferece uma gama de possibilidades específicas. Ao descrever o papel da acreditação, os temas do Dia Mundial explicam como a acreditação oferece confiança, segurança e aceitação global. Além disso, os assuntos também foram usados para ilustrar como a área apoia as políticas públicas e as necessidades dos reguladores. Nos últimos 18 meses da pandemia global, aumentou-se a necessidade da sociedade, negócios e governo serem apoiados por ferramentas que fortaleçam sua confiança, segurança e aceitação de bens, serviços, pessoas, processos e sistemas. O papel da acreditação ganha importância para apoiar, e a celebração auxilia uma série mais ampla de pessoas a conhecer e obter os benefícios que o segmento proporciona.

Abrac – Neste ano, o tema é “Acreditação: Apoiando a Implementação de os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)”. O que levou o IAF e a ILAC a escolher este tema?

Marcus Long – O tema foi talvez um dos mais simples dos 14 assuntos mundiais. A acreditação é uma ferramenta de longo alcance que afeta a vida de todos, exatamente como os ODS procuram fazer.

Abrac – Qual é o principal papel da acreditação para o cumprimento dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS)?

Marcus Long – Além de examinar os valores de acreditação com confiança, segurança e aceitação global, os temas do Dia Mundial da Acreditação também abordam questões específicas, sendo que cada uma delas tem impacto direto nos ODS. Por exemplo, o papel da acreditação na facilitação do comércio mundial, melhorando a segurança alimentar e proporcionando um ambiente mais seguro, alimenta muito dos ODS individuais. Os ODS fornecem objetivos para melhoria, e a acreditação visa apoiar todos os tipos de melhoria. Os paralelos e a conexão direta entre os ODS e a acreditação, demonstra que se trata de uma ferramenta global significativa.

Abrac – No Brasil, o órgão acreditador é o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Como avalia o desenvolvimento do Brasil no sistema de acreditação?

Marcus Long – Como membro do IAF e da ILAC, o Inmetro desempenha um papel fundamental, tanto na contribuição como na compreensão do mundo sobre o quadro de acreditação. Isso traz benefícios para todos aqueles que trabalham com o Inmetro e ajuda a entregar os ODS. Além de trabalhar dentro do IAF e da ILAC, o trabalho da autarquia no projeto UNIDO 2014 mostra os benefícios da ISO 9001 no Brasil, e demonstra perfeitamente o trabalho do Instituto sobre projetos de várias agências para demonstrar os benefícios da acreditação e avaliação da conformidade.

Abrac – A Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) está sempre presente em fóruns internacionais para contribuir com o segmento. Como avalia a participação da entidade?

Marcus Long – Um dos principais objetivos do IAF e ILAC é a criação de um sistema de acreditação global e harmonizado, ou seja, um sistema compreensível e transparente que ajuda a construir confiança e segurança. A Abrac abraçou os benefícios da natureza global da acreditação por meio de sua participação em níveis na infraestrutura de acreditação. A partir de sua estreita relação de trabalho com o organismo nacional de acreditação do Brasil, o Inmetro, e no seu envolvimento com o grupo de acreditação regional IAAC (Cooperação Interamericana de Credenciamento) para trabalhar dentro da ILAC e IAF. Desde que se tornou membro de ambas as organizações em 2019, a Abrac tem procurado ser uma participante em todos os níveis geográficos de tomada de decisão de acreditação.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abrac