“O papel do PTI é muito o de atrair empresas para cá e criarmos em Foz do Iguaçu um polo de tecnologia e inovação”

Diretor superintendente do PTI-BR, general Eduardo Garrido, comentou sobre o Laboratório de Infraestrutura da Qualidade

08122021113.jpg

No dia 30 de novembro, foi inaugurado o primeiro Laboratório de Infraestrutura da Qualidade no Brasil do Parque Tecnológico Itaipu (PTI-BR), em Foz do Iguaçu (PR). O projeto é uma parceria da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), com a Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac), o Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e o Parque Tecnológico Itaipu.

Para a quarta entrevista do Especial Infraestrutura da Qualidade da Abrac, que está abordando o tema, a entidade entrevistou o diretor superintendente do PTI-BR, general Eduardo Garrido, que comentou sobre os principais objetivos do Laboratório e os próximos passos do projeto.

Leia na íntegra.

Abrac – Quais são os principais objetivos do Laboratório de Infraestrutura da Qualidade?

General Eduardo Garrido – O Laboratório vem preencher um espaço muito importante e relevante no nosso Programa Vila A Inteligente. Nós temos lançado editais, as empresas estão colocando as suas tecnologias aqui no nosso espaço sandbox para que sejam testadas, experimentadas, validadas e certificadas. Ao final do processo, o objetivo é que a empresa possa levar esse selo e o gestor público, por outro lado, tenha a tranquilidade que está comprando alguma coisa para implementar na sua cidade, que já passou por todas essas etapas. Acho que é um movimento muito positivo que vai permitir gerar benefícios, empregos e rendas para todos da região.

Abrac – Qual a importância da Abrac, ABNT, Inmetro e PTI estarem juntas nesse projeto?

General Eduardo Garrido – Acho que é um encontro de interesses comuns. Todos queremos trabalhar pela qualidade, em fazer o melhor para a sociedade, pela população e quando você junta instituições que gozam de auto prestígio junto a nossa sociedade, esse movimento tem tudo para dar certo porque essas empresas vão estar trabalhando pelo cidadão para que tenha cada vez mais acesso a tecnologias, e a produtos de melhor qualidade.

Abrac – Quais serão os próximos passos desta parceria após a inauguração do Laboratório de Infraestrutura da Qualidade?

General Eduardo Garrido – Nós já temos no Programa Vila A Inteligente tecnologias que estão sendo testadas e experimentadas, e isso vai gerar todo um movimento. Do mesmo modo que já fomos procurados por outros parques tecnológicos que querem se aproximar do nosso parque e desse Laboratório porque entendem a relevância que irá trazer para a região.

Abrac – Como avalia a importância da Infraestrutura de Qualidade na área do Parque Tecnológico de Itaipu?

General Eduardo Garrido – O papel do PTI está muito associado com o lançamento dos editais. Já temos hoje dois editais contínuos, que são: o Edital Smart Vitrine e o Edital Hangar, com isso vamos estar atraindo empresas e startups para a região. Então o papel do PTI é muito o de atrair empresas para cá e criarmos em Foz do Iguaçu um polo de tecnologia e inovação, e o Laboratório vem para certificar essa qualidade.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abrac