“O cumprimento de exigências e o rigor técnico conferem credibilidade às atividades de Avaliação da Conformidade”

Para o diretor do Inmetro, Lenilton Corrêa, os objetivos do processo de avaliação são atender às preocupações sociais, estabelecer relação de confiança com o consumidor, e não se tornar um entrave para a produção.

lenilton 2

A Avaliação da Conformidade é, em resumo, o meio pelo qual um produto, processo, sistema ou serviço é avaliado e comparado com uma referência, a fim de proporcionar um adequado grau de confiança e certificar que ele atende aos requisitos pré-estabelecidos em padrões, normas e regulamentos técnicos nacional e internacional.

Para Sistemas e Pessoas, os Organismos são acreditados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que são aptos a certificar: Sistema da Qualidade, Gestão Ambiental, Gestão da Segurança de Alimentos, Gestão da Qualidade, Gestão da Qualidade de Empresas de Serviços e Obras na Construção Civil, Gestão da Responsabilidade Social, Gestão da Segurança em Turismo de Aventura e Pessoas.

Segundo o diretor de Avaliação da Conformidade do Inmetro, Lenilton Corrêa, os objetivos principais da avaliação da conformidade são atender às preocupações sociais, estabelecendo uma relação de confiança com o consumidor para mostrar que o produto ou serviço está de acordo com os requisitos especificados e, simultaneamente, não se tornar um entrave para a produção, não envolvendo mais recursos do que aqueles que a sociedade está disposta a investir. “O cumprimento de exigências e o rigor técnico conferem credibilidade às atividades de Avaliação da Conformidade desenvolvidas em cada país, sendo a credibilidade um pré-requisito para o ingresso de produtos, processos ou serviços importados nos principais mercados”.

Para ele, a Avaliação da Conformidade de Sistemas e Pessoas, desempenhada, respectivamente, pelos Organismos Acreditados de Certificação de Sistemas de Gestão da Qualidade (OCS) – que conduzem e concedem a certificação com base em normas de gestão da qualidade (ABNT NBR ISO 9001) – e pelos Organismos Acreditados de Certificação de Pessoas (OPC) – que conduzem e concedem a certificação de pessoas – são fundamentais para prover confiança às relações de consumo, ao atestarem a realização de avaliação preliminar para obter desse reconhecimento, cumprindo todas as exigências estabelecidas na regulamentação técnica.

Abrac

A Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) considera de extrema importância o segmento, e por isso possui a vice-presidência de Sistemas e Pessoas, composta por Vanda Nunes, Sergio Custodio, e José Joaquim A. Ferreira.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abrac