logo-abrac-210x50

Decoração de Natal: conheça os cuidados na instalação de luzes natalinas

 

Acidente envolvendo criança de 10 anos no Paraná alerta para os cuidados na compra e instalação destes equipamentos nas festividades de fim de ano

 

O Natal está se aproximando e muitas residências já exibem a tradicional decoração luminosa. No entanto, é crucial estar ciente dos potenciais perigos que o ‘pisca-pisca’ pode representar para a segurança da família, incluindo o de choques elétricos. No último sábado (02.12), uma criança morreu após uma descarga elétrica proveniente de uma árvore de Natal instalada em sua casa, no Paraná.

A Associação Brasileira da Avaliação da Conformidade (Abrac) destaca a importância dos consumidores verificarem cuidadosamente a conformidade dos produtos utilizados na decoração natalina, a fim de prevenir acidentes. Segundo o vice-presidente de Produtos da entidade, Marcos Zevzikovas, as luminárias natalinas são regulamentadas pela Portaria nº 497/2021 do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro), que abrange os dispositivos elétricos de baixa tensão para uso residencial.

“As luminárias de Natal são produtos que não precisam possuir o selo do Inmetro. No entanto, é imprescindível que atendam aos requisitos essenciais, devidamente informados em português, tais como tensão, corrente, potência máxima do conjunto, além de exibir claramente o nome, marca ou logomarca do fabricante, ou importador”, explica.

O vice-presidente de Produtos da Abrac também ressalta que é vetada a presença de material ferroso no condutor dos produtos, e os plugues e tomadas devem estar em conformidade com o padrão brasileiro. Além das luzes natalinas, a mesma regra é válida para uma variedade de produtos elétricos, incluindo aquecedores de água portáteis, ferros de solda, iluminação de emergência, conectores, extensões elétricas, fios, cabos, filtros de linha, lâmpadas fluorescentes, lustres, entre outros.

 

Acidentes de consumo

É possível que, mesmo ao seguir corretamente as instruções de uso do produto, o consumidor ainda seja vítima de acidentes. Esses incidentes são chamados de acidentes de consumo e estão relacionados a produtos e serviços que causaram danos aos consumidores, mesmo quando utilizados conforme as orientações fornecidas no manual.

Para evitar esse tipo de ocorrência, é recomendável ler atentamente o manual de instruções, verificar se o produto possui certificações de segurança, optar por produtos de qualidade de fabricantes confiáveis, garantir o armazenamento seguro, realizar manutenções regulares e, sobretudo, contratar um profissional qualificado para a instalação. Essas medidas são essenciais para assegurar a segurança do consumidor no uso de produtos e serviços.

“Na instalação, conecte seus aparelhos em tomadas seguras. Nunca utilize fios desencapados, e não conecte vários conjuntos de luzes em um único adaptador. Também é importante evitar instalar lâmpadas natalinas em árvores decoradas com papel metálico”, orienta Zevzikovas.

 

Sobre a Abrac

Fundada em 2009, a Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) reúne as empresas responsáveis pela avaliação da conformidade de produtos, sistemas e laboratórios de ensaio e calibração, acreditados pelo Inmetro e designados pela Anatel, que são oferecidos aos cidadãos, trabalhando em sua inspeção e certificação com o objetivo de informar e proteger o consumidor, em particular quanto à saúde, segurança e meio ambiente; propiciar a concorrência justa; estimular a melhoria contínua da qualidade; facilitar o comércio internacional; e fortalecer o mercado interno, atuando em conjunto com os órgãos reguladores das atividades em âmbito nacional.

plugins premium WordPress