“Avaliação da conformidade é muito importante desde que feita dentro de critérios que sejam exequíveis”

Em entrevista à Abrac, Humberto Barbato, presidente da Abinee, falou sobre a importância da avaliação da conformidade e da entidade

Barbato 1

O presidente da Associação Brasileira da Indústria Elétrica e Eletrônica (Abinee), Humberto Barbato, concedeu entrevista exclusiva à Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) sobre o papel da entidade para a sociedade, a importância da avaliação da conformidade, entre outros assuntos.

Barbato é graduado em administração de empresas, com especialização em Comércio Exterior pela Organização dos Estados Americanos (OEA) e MBA em Administração de pequenas e médias empresas no Ministério da Indústria e Energia do Governo da Espanha.

Leia a entrevista completa:

Abrac – O que representa e qual é o papel da Abinee?

Humberto Barbato – O papel da Abinee é representar o setor eletroeletrônico, principalmente junto ao Poder Público, e também perante a sociedade em geral, que é o grande consumidor de produtos eletroeletrônicos.

Abrac – Como avalia a importância da avaliação da conformidade?

Humberto Barbato – É fundamental. Afinal de contas, precisamos ter uma garantia de que o consumidor possa ter acesso a um produto, principalmente bens de consumo duráveis, que sejam confiáveis, pois não podemos colocar em risco a população brasileira, a saúde das pessoas. A avaliação da conformidade é muito importante desde que feita dentro de critérios que sejam exequíveis e economicamente viáveis.

Abrac – Quais são as principais mudanças que o novo modelo regulatório do Inmetro trará para o setor de eletroeletrônicos?

Humberto Barbato – Os eletroeletrônicos não vão ter grandes alterações. O marco regulatório tem muito com a mudança de estrutura e a mudança de filosofia que o Inmetro tem em relações aos produtos. Acho uma grande evolução, porque temos que ter consciência que temos que fornecer ao consumidor um produto que tenha qualidade, e quem não tiver qualidade tem que ser afastado do mercado. A auto certificação também é bastante importante, e produtos que eventualmente possam colocar mais em risco a saúde do consumidor devem ter uma certificação muito mais delicada, muito mais dura, porque evidentemente não podemos colocar em risco as pessoas.

Abrac – Como avalia a importância da Abrac e qual sua relação com sua relação com a Abinee?

Humberto Barbato – A relação da Abrac e Abinee, felizmente, é cada dia melhor. Temos sempre buscado pontos de convergência. Existem pontos de divergência, naturalmente, mas até escrevemos juntos uma correspondência ao presidente do Inmetro, onde todos os pontos de convergência existentes entre o setor de eletroeletrônico e a Abrac foram colocados. Existem dois ou três pontos de divergência, mas isso são coisas normais e naturais. Mas felizmente, a relação entre as duas entidades é excelente.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abrac