“Atuar com avaliação da conformidade é atuar na construção e manutenção da credibilidade e da confiança em importantes segmentos”

Tiago Martins da Fonseca, diretor-executivo da BRA Certificadora explicou a importância da garantia da conformidade, expectativas da certificadora e outros assuntos.

O diretor-executivo da BRA Certificadora, Tiago Martins da Fonseca concedeu entrevista exclusiva à Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) para falar sobre garantia da conformidade, expectativas da certificadora e outros assuntos.

Associados à Abrac há pouco meses, a BRA Certificadora atua desde 2014 nas áreas de certificação, auditoria, inspeção e consultoria.

Leia a entrevista na íntegra:

Abrac – Quais são os principais objetivos da certificadora?

Tiago Martins – Nosso grande objetivo é sermos reconhecidos como o principal organismo de certificação focado em temas específicos, de vanguarda, e com alto nível de valor agregado, a partir de uma atuação de excelência e pautada sempre na credibilidade, conformidade, inovação, transparência, efetividade e rastreabilidade integral. Queremos realmente contribuir ativamente, e já temos feito isso a olhos vistos, para uma era de grande efetividade e atuação realmente participativa e proativa dos serviços de certificação no desenvolvimento econômico e social, em especial junto aos temas caros para a sociedade.

Abrac – A BRA Certificadora atua no segmento de inspeção acreditada de equipamentos e sistemas para indústria de óleo e gás. Como avaliam a importância de atuar nessa área?

Tiago Martins– Trata-se de uma família aberta recentemente junto à Coordenação Geral de Acreditação (CGCRE) do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro). Estamos na fase final do processo de acreditação para atendermos as exigências atuais, ampliando ainda mais nossa atuação no ramo de inspeções para indústria. Consideramos uma área de fundamental importância, em virtude da demanda existente, ancorada no amplo crescimento atual dos investimentos em Exploração e Produção (E&P), abertura do mercado, e os investimentos já assumidos para os próximos anos. Atuar nesta área representa para nós ampliarmos ainda mais o leque de nossos serviços para o mercado de óleo e gás. Nos consolidando como uma das empresas mais especializadas do setor, diante de todo conhecimento e experiência amplamente demonstrados, além das entregas que já temos alcançado. Vale ressaltar também que, para esta mesma indústria, a BRA Certificadora acabou de se tornar o primeiro organismo brasileiro a atuar em apoio à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) na fiscalização da gestão metrológica das operadoras, o que é mais uma demonstração de nossa capacidade inovadora e de excelência.

ABRAC- Quais são as expectativas da certificadora para os próximos anos no âmbito da inspeção acreditada?

Tiago Martins– Esperamos um crescimento de demanda em compasso aos investimentos já em curso, e os que já estão definidos para os próximos anos no mercado de óleo e gás. A iniciativa do Inmetro ao estabelecer esta nova família para fins de acreditação, nos pareceu muito importante e salutar, pois define o nível esperado de competência, experiência e estrutura dos organismos que pretendem atender a este mercado, evitando a canibalização e vulgarização dos serviços realizados. Neste ponto, a BRA sempre é a favor deste alinhamento em bases tecnicamente adequadas, para haver concorrência justa e redução dos riscos inerentes aos serviços prestados para a indústria, para o consumidor, sociedade, governos, e todas as outras partes interessadas.

ABRAC- Qual a importância de trabalhar com avaliação da conformidade?

Tiago Martins– A garantia da conformidade está nas bases de todo tipo de atividade que requer confiança, rastreabilidade e transparência. Razão pela qual é até difícil identificarmos as áreas da economia em que a conformidade seja dispensável. É também a única condição que nos permite definir um padrão comum a qualquer objeto, para que este possa ser permanentemente observado, avaliado e reavaliado em condições controladas e equivalentes. Por consequência, todo este ciclo abre caminho para o aperfeiçoamento; o aumento de confiança, qualidade, efetividade, segurança, valor agregado; e abre caminho para a chamada “melhoria contínua” de fato.

Desta forma, atuar com avaliação da conformidade é atuar na construção e manutenção da credibilidade e da confiança em importantes segmentos da nossa economia e da nossa sociedade. Sem dúvida alguma, é uma atividade de fundamental importância e de grande valor para qualquer mercado.

ABRAC- Há quanto tempo são associados à Abrac e qual a importância de fazer parte da entidade?

Tiago Martins– Apesar da BRA Certificadora já estar atuando no mercado desde 2014, nos tornamos associados à Abrac há poucos meses. Para nós, é de grande importância fazermos parte de uma entidade de classe relacionada a um dos nossos principais segmentos de atuação. Trata-se de uma representatividade importante no mercado que atuamos, além de ser um importante fórum de debates, trocas e discussões técnicas, network, além de ser também uma entidade de apoio aos interesses dos organismos de certificação, como é o caso da BRA Certificadora.

Fonte: Assessoria de imprensa da Abrac