Abrac cria Comissão Técnica de Produtos Controlados pelo Exército

O comitê será coordenado pelo gerente de certificação do IFBQ, Ricardo Assoni

A Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) criou a Comissão Técnica de Produtos Controlados pelo Exército para congregar os interesses de seus associados diante da Portaria nº 189 do Estado-Maior do Exército, que estabelece normas para o processo de avaliação de armas de fogo, menos-letal, proteção balística e produtos pirotécnicos.

A norma visa assegurar que os produtos fabricados no País estejam em conformidade com as normas técnicas vigentes ou com as normas adotadas pelo Comando do Exército, e assegurar o atendimento aos requisitos de qualidade, de segurança, de durabilidade e de desempenho.

O novo Comitê da Abrac contará com a coordenação do gerente de certificação do Instituto Falcão Bauer da Qualidade (IFBQ), Ricardo Assoni. Segundo ele, “além da avaliação da conformidade para o consumidor, o tema envolve principalmente assuntos relacionados à segurança pública e à soberania nacional, porque o Exército brasileiro tem a parte de armamentos e munições que podem ter aplicações esportivas, mas principalmente voltadas à proteção e segurança dos usuários, sejam eles policiais, militares ou combatentes”.

Para ele, a Comissão demonstra atenção da Abrac com o tema, bem como a relevância que o produto possui. “Fazer o acompanhamento do processo junto ao acreditador, que nesse momento é o Inmetro, e atender às expectativas que o exército brasileiro possuí”.

Reunião

A primeira reunião da Comissão foi realizada nesta quinta-feira (12), e contou com a participação do superintendente da Abrac, Masao Ito; o vice-presidente de Laboratórios, Darlan Dallacosta; o gerente de certificação do Instituto Falcão Bauer da Qualidade, Ricardo Assoni; a especialista em inovação do Instituto da Qualidade Automotiva (IQA), Debora Bueno; o consultor de laboratórios, Fabio Sianga; o gestor de projeto da CPQD, Luiz Miranda;  o gerente técnico do IQA, Sérgio Ricardo Fabiano; o gerente de Avaliação da Conformidade em Produtos e Sistemas da CPQD, Victor Vellano, e o chefe de desenvolvimento de negócios da Dekra, Ivan Bornal.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abrac