“A principal preocupação da Associação sempre será garantir a qualidade e a segurança ao consumidor brasileiro”

Presidente da Abrac, Synésio Batista da Costa, faz um balanço sobre o desafiador ano de 2020 e destaca as principais metas da entidade para 2021.

synésio

Devido à pandemia do novo coronavírus, 2020 foi um ano atípico e desafiador com a humanidade vivenciando tempos difíceis e nunca antes imaginados. Apesar das adversidades, a Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) continuou firme em seus propósitos e metas, seguindo todas as recomendações de segurança sanitária necessárias em toda a sua atuação.

Para fazer um balanço do ano, o presidente da entidade, Synésio Batista da Costa, concedeu entrevista exclusiva ao portal Abrac, e destacou pontos fundamentais como: conquistas, objetivos, vice-presidências, associados, novo modelo regulatório do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e expectativas para 2021.

Leia a entrevista completa:

Abrac – Devido à pandemia, o ano de 2020 não foi fácil mundialmente. Como foi para a Abrac lidar com esse cenário?

Synésio Batista da Costa – Compreendemos a crise sanitária que começamos a viver em 2020, e ainda estamos vivendo em 2021, priorizamos o bem-estar de todos, e seguindo todas as recomendações de segurança tentamos manter o cronograma anual, com reuniões online.

Abrac – Quais foram os principais objetivos da entidade em 2020? Todos foram atingidos?

Synésio Batista da Costa – Todos os objetivos foram atingidos,  e são eles: participar ativamente da modernização do modelo regulatório do Inmetro; concluir os trabalhos de análise de riscos dos escopos compulsórios do Inmetro; contratar uma empresa para cuidar da área comunicação; aumentar o número de associados; trabalhar junto com a Associação Colombiana de Avaliação da Conformidade (Asosec) e Instituto Argentino de Normalização e Certificação (Iram) para a criação de uma Associação Interamericana de Avaliação da Conformidade (AIEC).

Abrac – Qual o balanço que faz sobre o ano passado para a Associação?

Synésio Batista da Costa – Apesar de ter sido um ano atípico, considerando as dificuldades impostas pela pandemia e o os desafios para adequação das atividades, podemos afirmar que a Abrac teve um balanço positivo quanto aos compromissos empreendidos.

Abrac – Quais foram as principais conquistas da Associação em 2020?

Synésio Batista da Costa – Podemos destacar como principais conquistas da Abrac: criação da vice-presidência de Telecomunicações; aumento no número de associados; dinamismo na comunicação da entidade; aproximação com entidades de classes; criação de novos comitês técnicos; e a realização do primeiro webinar sobre inspeções.

Abrac – Como avalia a participação das vice-presidências em 2020?

Synésio Batista da Costa – As vice-presidências tiveram uma participação muito ativa nas decisões referentes ao novo modelo regulatório e na aproximação com as entidades de classes.

Abrac – Apesar das dificuldades do ano passado, a Abrac conseguiu conquistar novos associados. Como o senhor avalia esse crescimento?

Synésio Batista da Costa – A Abrac, mesmo neste período do Covid 19, conseguiu angariar 12 novos associados, dos quais três são Laboratórios, quatro Organismos de Certificação de Produtos, os primeiros dois organismos de certificação Halal e três pessoas físicas. Totalizando 12 novos associados. A importância de novos associados aumenta a representatividade da entidade em defesa da avaliação da conformidade.

Abrac – Já estamos em 2021 e ainda vivendo os impactos e dificuldades impostos pela pandemia. Diante disso, quais são os principais objetivos da Abrac para 2021?

Synésio Batista da Costa – Para 2021, os principais objetivos da ABRAC são: desenvolver novos webinars e e-books; acompanhar a implementação do 5G; continuar participando ativamente da modernização do modelo regulatório do Inmetro; angariar novos associados; remodelação do site e da área exclusiva para associados; e série de entrevistas.

Abrac – Como a entidade vê o novo modelo regulatório que está sendo desenvolvido pelo Inmetro?

Synésio Batista da Costa – A Abrac entende como de extrema importância a modernização do modelo regulatório para lograr mais competividade, reduzir custos e aumentar o crescimento econômico. Contudo, destacamos que a principal preocupação da Associação sempre será de garantir a qualidade e a segurança ao consumidor brasileiro.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abrac