“A Expolux 2022 será um evento único, pois iremos apresentar, pela primeira vez, a união dos produtos de iluminação com inteligência artificial”

Presidente da ABILUX, Roberto Saheli concedeu entrevista exclusiva à Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac), para falar sobre o evento.

Entre os dias 2 a 5 de agosto, a Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (ABILUX) e o Sindicato da Indústria de Lâmpadas e Aparelhos Elétricos de Iluminação no Estado de São Paulo (Sindilux), em parceria com a RX, realizarão a 17ª edição da Expolux, no pavilhão do Expo Center Norte, em São Paulo (SP). Considerado o principal evento da indústria da iluminação da América Latina, para engenheiros, arquitetos, decoradores, lighting designers, varejistas, distribuidores e gestores, a feira voltará a acontecer em formato presencial, após quatro anos, e tem como objetivo mobilizar o setor nacional.

O presidente da ABILUX, Roberto Saheli concedeu entrevista exclusiva à Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac), para falar sobre o evento.

“A Expolux 2022 será um evento único, pois iremos apresentar, pela primeira vez, a união dos produtos de iluminação com inteligência artificial nos mais diferentes setores, desde uma lâmpada que acende sozinha a uma luminária transmitindo dados de consumo de energia”, destacou Saheli.

Segundo o presidente da ABILUX, a Expolux é considerada o principal evento da indústria da iluminação da América Latina e tem como objetivo mobilizar o setor nacional, que tem faturamento anual de R$ 5 bilhões, 500 indústrias e mais de 23 mil pessoas empregadas e tem despertado, com seus produtos, o interesse de players que atuam na Europa e Estados Unidos pelos produtos nacionais.

“Em meio ao cenário em que o país registra uma das contas de energia mais caras do mundo e com a aprovação de reajustes de 15 cooperativas permissionárias de energia elétrica pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), na última terça-feira (26), somada à necessidade de menor impacto ambiental, o evento é uma vitrine para o público conhecer soluções de maior eficiência energética, redução de custo e sustentabilidade”, comentou.

Sobre avaliação da conformidade, Saheli pontuou que os processos são importantes para trazer o equilíbrio de mercado nivelando os produtos com as mesmas características de desempenho e vida. “No caso de lâmpadas de led, que passam por processo de certificação, temos uniformidade na quantidade de luz, durabilidade e principalmente aspectos de segurança”, finalizou.

Para saber mais sobre a Expolux, clique aqui.

Fonte: Assessoria de imprensa da Abrac