“A Anatel tem papel fundamental nas definições das regras de certificação de equipamentos entre os operadores de 5G”

Em entrevista à Abrac, líder de soluções da Nokia na América Latina, Wilson Cardoso, falou sobre a implementação da tecnologia no Brasil

 10030910

O diretor de tecnologia da Nokia na América Latina, Wilson Cardoso, concedeu entrevista exclusiva à Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac) para falar sobre a implementação do 5G no Brasil.

Com 35 anos de experiência em Telecomunicações, Cardoso desenvolveu sua carreira nas empresas Equitel, Siemens, Nokia Siemens Networks e NSN. Atualmente, na Nokia, também ocupa funções na Alemanha, Cingapura e Estados Unidos.

Leia a entrevista completa:

Abrac – Quais são as expectativas para a implementação da tecnologia 5G no Brasil?

Wilson Cardoso – O 5G começou com algumas operadoras lançando serviços de 5G utilizando espectro de frequência existente e antes utilizado para o 4G.  O mercado espera o lançamento pela Anatel do edital de novas frequências ainda na primeira metade de 2021, onde serão disponibilizadas novas frequências e com isso as operadoras poderão expandir o serviço.

Abrac – Qual o papel da Anatel nessa implementação?

Wilson Cardoso – Como dito, a Anatel como regulador, tem um papel fundamental na elaboração dos editais de concessão de espectro de radiofrequências, nas definições das regras de certificação de equipamentos e na convivência necessária entre os operadores de 5G.

Abrac – Como avalia a importância de celulares e outros aparelhos, que irão utilizar o 5G, passarem pela avaliação da conformidade?

Wilson Cardoso – Existem regras especificas para a certificação de equipamentos 5G, e todos os fabricantes estão sujeitos a estas regras.

Abrac – Os aparelhos eletrônicos precisarão sofrer algum tipo de modificação para que os usuários possam usufruir de todo o potencial da tecnologia 5G?

Os equipamentos terminais devem estar aderentes às recomendações do padrão 3 GPP e Anatel para funcionamento no 5G.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abrac