“A AIEC ampliará ações no âmbito latino-americano com o objetivo de solidificar os conceitos de avaliação da conformidade”

Vice-presidente de Laboratórios da Abrac, Israel Teixeira, concede entrevista sobre objetivos da AIEC

WhatsApp Image 2020 12 02 at 10.49.20

No final de 2020, a Associação Brasileira de Avaliação da Conformidade (Abrac), o Instituto Argentino de Normalização e Certificação (Iram), e a Associação Colombiana de Avaliação da Conformidade (Asocec) realizaram a solenidade virtual de fundação da Associação Interamericana de Avaliação da Conformidade (AIEC).

Para falar sobre a iniciativa, o vice-presidente de Laboratórios da Abrac Israel Teixeira, concedeu entrevista à entidade para falar sobre a criação e a importância da AIEC, além de suas ações e objetivos.

Pós-graduado em Telecomunicações, Marketing Empresarial e Administração Empresarial, Teixeira é vice-presidente do Conselho de Acreditação (Conac) da Coordenação Geral de Acreditação do Inmetro (Cgcre), e segundo vice-presidente do comitê de partes interessadas do Inter American for Accredtiation Cooperation (IAAC).

Leia a entrevista completa:

Abrac – Como surgiu a ideia de criar a AIEC?

Israel Teixeira – A Abrac, por meio do superintendente Masao Ito, a Asosec, da Colômbia, por meio de seu diretor-executivo, Ramón Madriñán e, o Iram da Argentina, através do representante José Luis Ogando sempre tiveram protagonismo em ações para consolidar a avaliação da conformidade nas Américas. Neste contexto, foi criado o Comitê de Stakeholders no IAAC, no ano de 2010 e, agora com a criação da AIEC, serão robustecidas as ações no continente em prol da avaliação da conformidade.

Abrac – Qual a importância da Associação Interamericana de Avaliação da Conformidade?

Israel Teixeira – É fundamental para os Organismo de Avaliação da Conformidade poderem contar com uma entidade que atue junto aos governos e produtores, e que esta seja portadora de suas visões sobre o desenvolvimento da atividade e seus impactos para a economia e sociedade.

Abrac – Quais são os principais objetivos da AIEC?

Israel Teixeira – A AIEC ampliará ações no âmbito latino-americano com o objetivo de solidificar os conceitos de avaliação da conformidade junto aos principais atores envolvidos, como autoridades governamentais, setores produtivos, consumidores e sociedade organizada, atuando fortemente para ampliar a presença da avalição da conformidade, trazendo benefícios para a economia e comércio internacional, que são ganhos relevantes para o desenvolvimento dos países. Além disso, proporcionará prestação de serviços aos seus associados, como comunicação de temas de interesse, dados estatísticos para o mercado, informações técnicas, propor e desenvolver normas regionais, dentre outros.

Abrac – A Associação foi fundada por entidades da Argentina, Brasil e Colômbia. Quais são as expectativas da participação de outros países?

Israel Teixeira – Queremos crer que, em breve, teremos membros de todos os países das Américas, dado a influência e prestígio que os sócios fundadores detêm no continente.

Abrac – Quais serão as principais ações da AIEC?

Israel Teixeira – Nesse primeiro momento, os grupos de trabalho que serão formados, atuarão nas várias frentes necessárias para consolidar a Associação, como por exemplo, na representatividade junto aos organismos internacionais, além de promover a entidade junto a todos os países do continente.

Abrac – No segmento dos laboratórios, quais serão os benefícios que a AIEC trará?

Israel Teixeira – Os laboratórios, por serem detentores de notório conhecimento técnico em ensaios e calibrações, quesitos essenciais para viabilizar o desenvolvimento de bons regulamentos de avaliação da conformidade, terão, ainda, a oportunidade de trocar conhecimentos quanto aos arcabouços regulatórios regionais, ensaios de proficiência, e outros temas, que trarão ganhos de qualidade, sempre inerentes a estas trocas.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Abrac